Você está aqui: Página Inicial / Presidente do CRA-RO destaca a complexidade do saber administrar

Presidente do CRA-RO destaca a complexidade do saber administrar

Administrar não é algo tão simples quanto parece, embora muitos ainda insistam na tese de que administrar é baseada apenas no controle financeiro e suas nuances. Mas, a administração evoluiu, principalmente com os avanços tecnológicos, e se apresenta hoje como fator que determina o sucesso ou o fracasso empresarial. De acordo com o presidente do Conselho Regional de Administração de Rondônia, Marcos Tadanori Ito, administrar é um processo que, apesar de complexo, fundamenta-se como o grande diferencial da gestão, seja no setor privado ou no serviço público.

Porto Velho registra uma de suas piores crises na área do transporte público de passageiros, muito provavelmente por conta de uma gestão falha, levando-se em conta que o gestor é um profissional que, obrigatoriamente, precisa ter uma visão diferenciada dos negócios. O Consórcio SIM, formado por duas empresas (Ideal e Amazontur), demonstra falha no quesito gestão, fato que é evidenciado no caos que tomou conta do sistema de transporte coletivo na capital do estado, causando transtornos e prejuízos aos usuários.

O presidente do CRA-RO destaca que o gestor precisa estar atento a todas as demandas de mercado que possam impulsionar ou travar as atividades empresariais, principalmente porque decisões são tomadas de acordo com as circunstâncias. "Manter-se sempre atento às circunstâncias é papel do gestor, tendo em vista que uma decisão equivocada, ou a falta dela, pode resultar em problemas de ordem administrativa e financeira", menciona. Provavelmente é o que pode ter acontecido com o Consórcio empresarial que atua no transporte coletivo na capital, cujas consequências são as que se está vivenciando. "As empresas, públicas e privadas, precisam entender que o administrador é um profissional habilitado para atuar como gestor porque é preparado para conduzir os processos de forma segura e baseada em decisões criteriosas, de acordo com a demanda", acentua Marcos Ito.

 

CRA-RO

Publicações